Guia do Freela

Como escolher um nicho freelancer?

Quer descobrir como ganhar dinheiro pela internet?
Baixe agora o E-book 100% Gratuito que revela 03 passos fáceis e comprovados para começar a vender como afiliado

Índice

Posts Populares
Quer começar sua carreira Freelance?

Clique no botão abaixo e receba um checklist com o passo a passo para iniciar!

Para mim o primeiro passo para ser freela é definir o serviço prestado, escolher um nicho freelancer para atuar.

É esse nicho que vai servir como um direcionar para os próximos passos da jornada de ser freelancer – e essa jornada é tema de uma série especial aqui do Guia do Freela!

No mês de março, toda semana teremos um post novo, que constroem juntos os 5 Passos para Virar Freela!

E para essa série, também temos vídeos. Por isso, se você é do time que prefere assistir do que ler, é só dar o Play aqui para saber como escolher um nicho freelancer:

Se não, é só me acompanhar nesse post!

Antes de escolher um nicho freelancer…

Como eu disse antes, escolher um nicho freelancer é o primeiro passo, na minha opinião, para quem quer ter esse estilo de trabalho.

Porém, antes de escolher um nicho freelancer, é preciso entender se esse formato é ideal para você, se combina com sua personalidade.

Por mais que esse estilo de vida mais livre seja bem atrativo, viver de freela tem alguns pontos não tão bons.

Conhecer as desvantagens do trabalho freela pode te ajudar a definir se você está disposto a lidar com tudo o que vem junto com esse estilo de vida.

Coisas que você precisa saber sobre trabalho freela

👎 O primeiro ponto negativo de trabalhar como freelancer é a carga de trabalho, que varia bastante.

Pela minha experiência, posso dizer que existem semanas que eu trabalho que nem doida, assim como tem semana que eu fico “caçando” projeto para trabalhar.

Encontrar o equilíbrio e reconhecer as fases não é algo que todo mundo consegue lidar, já que mexe demais com o emocional.

👎 Outro aspecto não tão legal é a incerteza financeira.

No vídeo que eu falo sobre Quanto Ganha um Freelancer, eu comento que a renda de um freela nunca é fixa. 💸

Cada mês você ganha um valor, bem diferente de um trabalho CLT, que você consegue saber exatamente quanto vai ganhar.

Lidar com essa incerteza financeira também pode ser bem estressante.

👎 Um último filtro que você pode aplicar para saber se quer ser freelancer é se você está disposto a prospectar clientes, ou seja, a vender o seu peixe.

Eu já dei dicas de como conseguir um primeiro contrato freela, mas dependendo da área de atuação, você vai precisar colocar suas habilidades de venda à prova para conseguir um cliente.

Eu conheço gente que não tinha o menor perfil de vendas, mas depois que começou a ser freela acabou desenvolvendo essa habilidade.

Mas também tem gente que não consegue vender de jeito nenhum.

Então, em resumo, se você não se imagina em uma carga de trabalho inconstante, com finanças que variam e não se vê vendendo: o freela não é para você.

Mas antes de desistir, você também precisa saber

que tem como contornar as situações! Tudo na vida de um freelancer gira em torno de PLANEJAMENTO.

👍 Se você se planejar, conseguir manter uma rotina de trabalho, organizar as finanças e até aprender novas habilidades, como prospectar, então o trabalho freela pode ser uma opção.

E sendo freela, você ganha umas vantagens bem interessantes, como a possibilidade de trabalhar de qualquer lugar, montar sua própria rotina, começar um negócio, ganhar mais dinheiro, enfim.

Se depois de tudo isso você achar que freelancer é para você, então é hora de escolher um nicho!

Como escolher um nicho freelancer

Normalmente, os freelancers estabelecem nichos de atuação, que são os trabalhos que estão dispostos a oferecer.

Eu, por exemplo, sou designer de materiais como ebooks, sites e redes sociais, mas também atuo com redação para artigos, com técnicas de SEO e copywritting.

Mas como eu cheguei nesses nichos específicos?

Formação + aptidão

No meu caso, foi um mix de formação com aptidão. Eu sou formada em Design de Animação Digital, o que me deu o conhecimento de produção de materiais gráficos, e tenho facilidade com escrita desde criança.

Mulher de óculos de grau, segurando seu diploma universitário.
Olha eu aqui, feliz com meu diploma de designer.

Então, essa é uma boa forma de começar a pensar no nicho que você quer atuar: escolher uma área próxima do que você é formado ou que você tem experiência 🎓.

Aptidão ou interesse

Mas, se você quer fugir da área de formação, porque está cansado ou por qualquer outro motivo, pode tentar buscar nichos que você tem aptidão ou interesse.

Nesse caso, é importante que você saiba que vai ter uma curva de aprendizado, porque você vai precisar estudar sobre o serviço em questão.

Ou seja, conquistar os primeiros clientes pode ser mais desafiador, já que você não tem uma experiência prévia.

O ponto positivo é que, geralmente, a gente se esforça quando gosta de um tema. 😉

Então, algo que você pode fazer é dividir seu tempo em três partes: uma estudar o tema do nicho, outra para prospectar clientes e outra para trabalhar nos projetos.

Demanda do mercado

Outra forma de escolher um nicho é perceber a demanda do mercado.

Em todos os momentos, sempre vai existir um serviço que vai estar mais em alta do que outros. Foi assim com o marketing de conteúdo, com edição de vídeo e agora com tráfego pago.

Você pode optar por esse nicho com alta demanda para começar. Se for algo que você tem aptidão ou conhecimento prévio, melhor ainda!

Mas não vá para um nicho somente porque ele dá dinheiro, principalmente se você não gostar do tema. Não vale a pena ser infeliz em um universo que permite tanta liberdade.

Não sei quais nichos existem no mercado

Se você não sabe quais são os nichos que existem no mercado, vou te contar uma forma bem prática de descobrir e ver quais são as áreas de seu interesse. 🤗

Sites como Upwork e Workana, que são portais de trabalho freela, contam com uma lista dos serviços que podem ser encontrados dentro dele.

No Upwork, é só posicionar o mouse em Find Talent, depois See all specializations e encontrar uma lista imensa e ultra detalhada.

Tela do site Upwork para escolher um nicho freelancer.

Em Type of Work dá de fazer um filtro, para visualizar somente os serviços de uma área.

Tela do site Upwork, apresentando uma seleção de nicho de trabalho freelancer.

Como o Upwork é em inglês, uma versão brasileira para encontrar nichos é o Workana.

No Workana, role a página até achar uma tela com o botão Muito Mais para ver as principais áreas.

Tela do site Workana para escolher um nicho freelancer.

Quando você seleciona uma área, os serviços vinculados aparecem.

Tela do site Workana, apresentando uma seleção de nicho de trabalho freelancer.

Com essas informações, você pode ver quais nichos tem mais vontade de atuar, seja pelo conhecimento que já tem, por uma aptidão ou por algo que pretende aprender.

E é isso! Se você tiver alguma dúvida ou quiser me contar sua opinião sobre a etapa de escolha de nicho, é só deixar um comentário!

Aproveita para me acompanhar nas redes sociais:

Canal no YouTube: /BrunaMarzarotto

Instagram: /bmarzarotto

Linkedin: /brunamarzarotto

Obrigada e até a próxima!

Leia também: 3 plataformas online para trabalhar como freelancer

Quer descobrir como ganhar dinheiro pela internet?
Baixe agora o E-book 100% Gratuito que revela 03 passos fáceis e comprovados para começar a vender como afiliado
Bruna Marzarotto
Bruna Marzarotto
Designer e redatora freelancer, apaixonada por viajar. Compartilho as delícias (e umas poucas dores) de trabalhar como freelancer e o que você pode fazer para ter esse estilo de vida.
Posts Relacionados

4 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *