Guia do Freela

Conheça o plano de negócios simples, para Freelancer

Quer descobrir como ganhar dinheiro pela internet?
Baixe agora o E-book 100% Gratuito que revela 03 passos fáceis e comprovados para começar a vender como afiliado

Índice

Posts Populares
Quer começar sua carreira Freelance?

Clique no botão abaixo e receba um checklist com o passo a passo para iniciar!

Se você pensar em plano de negócios, vem à sua mente um documento cheio de seções com coisas complicadas para preencher?

Para mim também! 😅

E é justamente por isso que muitos freelancers deixam de planejar o futuro por não compreenderem um plano de negócios.

A boa notícia é que você não precisa ter um documento complexo de cinquenta páginas para planejar o seu futuro como freelancer – a menos que você queira um e considere útil para você.

Ao invés disso, você pode contar com um plano de negócios simples, que reúne tudo o que você precisa saber sobre seu negócio. 🤗

E antes de te apresentar esse plano de negócios simples para freelancers, você pode assistir o vídeo sobre esse mesmo tema aqui:

O plano de negócios para os freelancers

No penúltimo post da série “5 passos para virar freelancer”, vamos falar sobre plano de negócios.

Eu sei que esse assunto parece ser bem focado em administração e pode até ser entediante, mas ele é muito importante para a sua carreira. 🤓

Quando eu comecei a ser freelancer, eu só planejei a fase de transição da CLT para abrir um negócio. Mas eu não tinha muita noção de futuro além do “quero viver assim para sempre”.

Hoje, depois de muito tempo e vários livros lidos sobre o assunto, eu entendo a importância do plano de negócios.

Mas espera! Não estamos falando só sobre plano de negócios tradicional!

Na verdade, para o freelancer, o plano de negócios simples é bem mais útil e serve como guia para medir seu negócio.

Você pode estar se perguntando porque o planejamento não é o primeiro passo para virar freelancer.

O motivo é simples: várias das informações que você vai usar no plano de negócios simples foram levantadas nas outras etapas dessa série.

A seguir, você pode dar uma olhada na estrutura do plano de negócios simples!

E, para imprimir ou preencher o seu pelo computador, clique neste link e faça o download do plano de negócios simples para freelancer.

plano de negócios simples para freelancer.

Quero baixar o plano de negócios simples para freela.

Levantando informações

A proposta desse plano de negócios simples para os freelancers é relacionar seu trabalho com metas para a sua empresa e para sua vida.

Por isso, o primeiro passo é coletar várias informações, que serão utilizadas posteriormente para preencher as colunas.

Seus objetivos

Nós vamos começar pensando sobre quais são seus objetivos. Vale até reservar um tempo na agenda para fazer uma autoanálise.

Algumas perguntas que você pode se fazer são: 🤔

  • Você quer trabalhar como freelancer somente como uma renda extra? Ou você pretende expandir para uma carreira de tempo integral?
  • Por que você quer ser freelancer? Qual é a sua motivação para se tornar freelance?
  • O que você quer ganhar sendo freelancer?

É bom que você anote essas respostas porque elas serão úteis para construir o plano, posteriormente.

Custo de vida

Depois, você precisa entender quanto dinheiro precisa ganhar como freelancer, o chamado custo de vida.

No post anterior, sobre precificação, tem uma parte que explico como calcular seu custo de vida

Mas, em resumo, para saber seu custo de vida você vai somar todos os seus gastos comuns no mês.

Além disso, vai adicionar um valor que será sua reserva de emergência.

Esse total é o mínimo que você precisa ganhar para ter uma vida de acordo com o que você considera adequado.

O custo de vida entra no plano de negócios simples como uma projeção do que você precisa ganhar.

Mas você também vai identificar quanto quer ganhar à longo prazo, para checar se você está progredindo para sua meta quando o tempo passar.

Pesquisa de concorrência e de mercado

Para montar o seu plano de negócios, você vai precisar fazer também duas pesquisas principais: a concorrência e a demanda do mercado.

Existem muitos outros freelancers por aí, que serão seus concorrentes e você precisa se diferenciar deles.

Veja o que outros freelancers do seu nicho estão fazendo, como eles se posicionam online, se estão cometendo erros ou acertos, enfim.

Mas é importante que você não caia em comparações sobre o seu trabalho e o trabalho de seu concorrente.

Não é porque você gosta do trabalho de alguém que, necessariamente, seu cliente também vai gostar.

Pegue de inspiração o que for interessante, mas não se subestime ou faça comparações. Isso só prejudica seu desenvolvimento e sua saúde mental.

Depois, pesquise a fundo o mercado que você quer entrar.

No primeiro post da série a gente falou sobre escolha de nicho, e é possível que essa pesquisa você até já tenha feito se seguiu o primeiro passo.

Mas, se não fez, você pode contar com plataformas freelancer (Upwork, Workana, etc), para medir o interesse das pessoas por determinado serviço.

É só digitar no campo de busca da plataforma o nome do serviço que você quer oferecer para visualizar o número de clientes interessados naquele momento.

Tela de pesquisa do site Workana, pesquisando sobre Redação Publicitária.
Tela de pesquisa no Workana.

E você sabe como o cliente vai encontrar seu negócio? Nesse vídeo, mostrei 3 formas para buscar clientes, mas para o plano de negócios simples você precisa pensar no caminho contrário.

Pense no que os potenciais clientes procurariam para encontrar você. Eles buscariam pelo Google? Fariam uma verificação nas redes sociais? Anunciariam a vaga em plataformas online? Procurariam por indicações de amigos?

Quanto mais você se esforçar para compreender seu público com precisão, maiores as chances de conseguir direcionar seus serviços de uma forma que atinja esses clientes.

Sua marca

Você também precisa pensar sobre a marca pessoal.

A marca envolve dois elementos principais. O primeiro deles é o visual, que inclui o nome (seja da empresa ou o seu), um logotipo e um padrão estético para suas publicações.

O segundo elemento da sua marca é você! Sua personalidade e a qualidade do serviço que você presta.

Com base nisso, você consegue também pensar em uma missão para sua empresa. Porque sua empresa (você) faz o que faz?

Juntando todos os dados

Ok, então você reuniu uma série de informações para elaborar um plano de negócios freelancer. Mas o que você faz com tudo isso?

A ideia do plano de negócios simples para freelancer é ser um documento guia para quando você se sentir perdido.

(Lembre-se que você pode baixar o documento em PDF para fazer seu plano de negócios simples.)

Veja o que colocar em cada parte do plano de negócios simples, para freelancer, espaços bem detalhados na sequência.

plano de negócios simples, para freelancer, com explicações de uso.

Lista de clientes

Na parte lista de clientes você vai escrever sobre como é o seu potencial cliente e os locais que você vai encontrar esse cliente.

Para essa lista, você vai usar como base a pesquisa de mercado e as definições sobre a sua marca.

Assim, se você estiver em um período de “seca” de trabalho, pode consultar a tabela novamente e trabalhar em cima da prospecção. 

Projetos dos sonhos

A outra lista é aquela dos projetos dos seus sonhos.

Ela serve para você recorrer quanto tiver algum tempo livre, para se inspirar novamente e construir coisas no seu portfólio que realmente façam seu coração bater mais forte.

Além disso, essa lista é ideal para os momentos em que a demanda pelo seu trabalho estiver em baixa.

E ao desenvolver projetos originais, é possível que você atraia alguns clientes em potencial com suas ideias.

Estratégias

A terceira lista diz respeito a estratégias de marketing.

Como já dizia o ditado “quem não é visto, não é lembrado”. Por isso, ter compromissos com a sua própria divulgação é essencial para ser conhecido e alcançar mais pessoas.

Para a lista de estratégias, você vai usar como base seus objetivos, a pesquisa de concorrência, pesquisa de mercado e as definições de marca.

Coisas para fazer quando você não sabe o que fazer

Outra área que aparece no plano de negócios simples é o ‘coisas para fazer quando você não sabe o que fazer’.

Esse espaço serve para que você escreva atividades que te motivam, que você pode fazer em momentos em que não estiver com tanta vontade de trabalhar ou se sentindo perdido.

Como a carreira de freelancer é bastante solitária, conhecer atividades que melhorem seu astral é fundamental para dias de baixa motivação.

Objetivos e missão

Você deve definir ainda os objetivos e a missão do seu negócio.

Para algumas pessoas, ter onde visualizar essas informações serve como um lembrete motivacional de porque você começou e onde você quer chegar.

A missão e os objetivos podem ser aspirações ou declarações sobre como você deseja se comportar.

Lembre-se deles regularmente, para garantir que seu negócio está indo da maneira que você sonhou. 

Mas como você vai usar o plano de negócios simples?

O plano de negócios simples para freela funciona como um guia, cheio de ideias e conselhos, que permitem ter uma noção do que você almeja para o futuro.

Mas ao saber essas informações, você consegue fazer uma análise constante de onde você está no momento e o quanto falta para atingir seus objetivos.

Esse plano pode ser atualizado sempre que você quiser. Eu recomendo que você reveja pelo menos uma vez por ano.

Vale até colocar na parede para visualizar todos os dias quais são os seus planos para o futuro e ter sempre na mente as suas metas.

Essa etapa tem muito a ver com autoconhecimento, e em um negócio freelancer, saber seus pontos fortes e fracos e suas metas é fundamental – afinal, você é o seu negócio.

Na próxima semana, vamos falar de portfólio, no último post da série. Dá para acreditar que estamos finalizando essa sequência? 😱

Espero que esse guia te ajude a planejar sua carreira como freelancer, de uma forma simples e funcional.

Vem me acompanhar nas redes sociais:

Canal no YouTube: /BrunaMarzarotto

Instagram: /bmarzarotto

Linkedin: /brunamarzarotto

Obrigada e até a próxima!

Leia também: Como ser freelancer com pouca experiência.

Quer descobrir como ganhar dinheiro pela internet?
Baixe agora o E-book 100% Gratuito que revela 03 passos fáceis e comprovados para começar a vender como afiliado
Bruna Marzarotto
Bruna Marzarotto
Designer e redatora freelancer, apaixonada por viajar. Compartilho as delícias (e umas poucas dores) de trabalhar como freelancer e o que você pode fazer para ter esse estilo de vida.
Posts Relacionados

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *