Guia do Freela

Finanças para freelancer: como organizar sua vida financeira?

Quer descobrir como ganhar dinheiro pela internet?
Baixe agora o E-book 100% Gratuito que revela 03 passos fáceis e comprovados para começar a vender como afiliado

Índice

Posts Populares
Quer começar sua carreira Freelance?

Clique no botão abaixo e receba um checklist com o passo a passo para iniciar!

Não é por acaso que as pessoas dizem que quem trabalha por conta própria tem uma “EUpresa”. Afinal, esse tipo de profissional precisa cuidar de todos os detalhes de seu negócio. E compreender o que envolve as finanças para freelancer é essencial para quem quer ter sucesso 💸.

Entretanto, é muito comum que exista uma certa dificuldade nessa organização da vida financeira. Especialmente porque, para vários profissionais, essa gestão não é algo que acontece naturalmente – há quem se endivide muito antes de conseguir equilibrar todas as contas!

Para que você não passe por isso, entender de finanças para freelancer é um ótimo primeiro passo. Assim, seja você um profissional em começo de carreira, ou alguém que está perdido com as contas, saiba como organizar sua vida financeira!

Mas porque é desafiador?

A gestão financeira está presente na vida de todas as pessoas, seja um profissional CLT ou um freelancer. Porém, ter uma organização nesse aspecto pode ser desafiador. E existem vários motivos por trás disso.

Para começar, esbarramos na falta de conhecimento sobre as finanças. Para muita gente, esse não foi um tema estudado na escola ou mesmo na faculdade.

Também temos pessoas que simplesmente não gostam de mexer ou falar sobre dinheiro. Na prática, isso se torna uma armadilha, em que o profissional evita sequer observar sua própria conta e não tem noção da saúde financeira atual.

Além disso, a falta de tempo também torna tudo mais desafiador. Entre entregar um projeto no prazo ou analisar as finanças, o que você prefere fazer? A maioria das pessoas escolheria a primeira opção.

Você se identificou com um desses casos? Então, essas 5 dicas selecionadas sobre finanças para freelancer vão te ajudar!

finanças para freelancer. Mulher fazendo sinal de dinheiro com as mãos.

4 dicas para cuidar das finanças para freelancer

Organizar a sua vida financeira não precisa ser sinônimo de pesadelo! É possível fazer a gestão das finanças para freelancer com alguns passos práticos e simples.

Nesse sentido, veja algumas dicas que podem ser bem úteis!

1. Tenha mais de uma conta bancária

É muito comum que os freelancers utilizem somente uma conta bancária. Assim, tudo que entra no mês serve para pagar as contas que chegam naquele mesmo mês.

Dessa forma, uma boa dica é manter mais de uma conta bancária: uma para os gastos e recebidos da sua pessoa jurídica, o CNPJ, e outra para a pessoa física, o CPF.

Mas e se você não tiver um CNPJ? Sem problemas! Por mais que o freelancer possa ser MEI, caso você não queira ter um CNPJ, pode ter mais de uma conta bancária com seu CPF – especialmente agora, com tantas contas digitais.

Um ponto positivo de fazer essa separação é que você consegue controlar melhor o que está recebendo em um mês. O ideal é que você gaste o que recebeu somente no mês seguinte, passando o valor para a sua outra conta.

Assim, é possível avaliar se você precisa trabalhar mais ou menos no mês atual, para ter mais recursos no mês seguinte.

2. Monte uma reserva de emergência

Essa é uma dica de finanças para freelancer que funciona para qualquer estilo de trabalho! É sempre importante montar uma reserva de emergência.

Uma boa reserva de emergência prevê dinheiro para cobrir os seus gastos de 3 a 6 meses. Para saber quanto você precisa, basta somar todos os seus gastos fixos (aluguel, luz, conta de telefone) e colocar mais uma margem de gastos variáveis (supermercado, farmácia, saídas).

Para o freelancer essa reserva é ainda mais importante porque as demandas podem variar muito de um mês para o outro.

Assim, com uma reserva de emergência, você pode ficar mais tranquilo caso as demandas caiam consideravelmente, tendo tempo para achar novos clientes.

Mulher fazendo cálculos em calculadora.

3. Tenha uma planilha de controle

Ouviu a palavra “planilha” e já sentiu um arrepio na espinha? 😅 Acredite, muita gente entende esse sentimento!

Porém, as planilhas podem ser muito úteis para te ajudar a controlar as finanças para freelancer.

Isso porque, ao informar corretamente suas entradas e saídas, você pode ter uma noção se seus gastos estão compatíveis com a sua renda.

Nesse sentido, você não precisa ter uma planilha feita do zero. Na internet, é possível encontrar vários modelos prontos, desde planilhas de fluxo de caixa (ideal para negócios) até planilhas de organização das finanças pessoais.

Quando você preenche uma planilha, consegue ter uma visão mais ampla da sua vida financeira. Dependendo do seu nível de organização, dá até para incluir itens extras na planilha, como investimentos e objetivos!

4. Trabalhe na precificação do seu serviço

Fazer a precificação correta do seu serviço nem sempre é fácil. Muitas vezes, os freelancers vão no “feeling“, como se fosse uma intuição do que deveriam cobrar 😬.

O grande problema disso é que você pode estar subestimando suas horas de trabalho! Assim, ao invés de ter lucro, você fica no zero a zero – ou pior, fica no prejuízo!

Existem várias dicas para trabalhar na precificação do seu serviço. E é importante que, de tempos em tempos, você reveja o quando está cobrando para ter certeza de que está sendo justo.

O vídeo abaixo pode ser útil nesse momento 👇:

As finanças não precisam ser suas inimigas

Quem não é de áreas exatas pode ter dificuldades para lidar com a vida financeira. Mas um bom começo é entender que as finanças para freelancer não são suas inimigas!

Além disso, hoje é possível encontrar muita informação. Seja pela internet, ou ao contar com um profissional de contabilidade, você pode organizar sua vida financeira se dedicar tempo e tiver paciência.

Investir nesse conhecimento é algo de extrema importância. Assim, após criar toda essa estrutura, manter e ter segurança nas finanças se torna muito mais simples e alcançável!

Vem me acompanhar nas redes sociais:

Canal no YouTube: /BrunaMarzarotto

Instagram: /guiadofreela_

Obrigada e até a próxima!

Leia também: Como receber dinheiro do exterior?

Quer descobrir como ganhar dinheiro pela internet?
Baixe agora o E-book 100% Gratuito que revela 03 passos fáceis e comprovados para começar a vender como afiliado
Bruna Marzarotto
Bruna Marzarotto
Designer e redatora freelancer, apaixonada por viajar. Compartilho as delícias (e umas poucas dores) de trabalhar como freelancer e o que você pode fazer para ter esse estilo de vida.
Posts Relacionados
Homem com semblante preocupado enquanto olha para a tela do notebook. Com uma mão ele segura o mouse, e com a outra apoia a cabeça. Ele está sentado em uma cadeira, em frente a uma mesa. Ao fundo, uma sala de estar.
Carreira freela
Não consigo freelas, e agora?

Você preparou seu portfólio, se cadastrou em sites freelancers e, ainda assim, está dizendo “não consigo freelas”? Calma, tem solução!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *