Guia do Freela

Vergonha de prospectar? Saiba como superar

Quer descobrir como ganhar dinheiro pela internet?
Baixe agora o E-book 100% Gratuito que revela 03 passos fáceis e comprovados para começar a vender como afiliado

Índice

Posts Populares
Quer começar sua carreira Freelance?

Clique no botão abaixo e receba um checklist com o passo a passo para iniciar!

Você pode gostar ou não de prospectar freela, mas a verdade é que buscar oportunidades de trabalho faz parte da vida de qualquer profissional autônomo.

Afinal, como prestadores de serviços, precisamos sempre de um consumidor. E, muitas vezes, cabe ao freelancer procurar por vagas e projetos 🔍, especialmente naqueles momentos que as demandas fixas baixam a frequência.

Porém, para alguns profissionais, prospectar freelas e clientes parece ser um verdadeiro pesadelo. É comum sentir vergonha de mostrar seu trabalho, receio de oferecer algo ou de dar um preço incorreto, sem contar naquele pânico que bate se o potencial cliente sugere uma reunião.

E por mais que você só fique melhor em prospectar com a experiência, algumas dicas podem te ajudar a superar a vergonha! É o que eu trago no vídeo abaixo! 👇

Além do vídeo, todo esse conteúdo, que traz insights preciosos sobre prospectar freela, estão descritos neste artigo. Confira!

Porque sentir vergonha de prospectar não faz sentido

Prospectar é uma palavra bastante usada no universo corporativo. Ela significa localizar potenciais oportunidades. Para um freelancer, tem a ver com encontrar possíveis clientes.

Entretanto, apesar de fazer parte do dia a dia dos freelas, muitos sentem vergonha de oferecer os seus serviços. E além de ser negativo pela consequência óbvia de perder algumas boas chances de trabalho, existe um outro motivo pelo qual essa vergonha não faz sentido.

Normalmente, quando nos apresentamos para outras pessoas, sentimos receio do julgamento dessas pessoas. Para alguns freelancers, esse receio se estende até para o momento de enviar um e-mail ou de uma mensagem no Instagram.

A verdade é que esse sentimento, o temor do julgamento alheio, geralmente vem com perguntas do tipo:

  • “Mas será que meu portfólio é bom o suficiente?”
  • “E se a pessoa não gostar do meu preço?”
  • “E se a pessoa não gostar de mim?”

De fato, ficar pensando na possibilidade de nos sentirmos diminuídos por outra pessoa, de não sermos bons o bastante, não é algo simples de lidar.

Mas o que você precisa ter em mente, a partir de hoje é: você é importante para muita gente, mas para esse potencial cliente que não te conhece tão bem, você não é.

O que isso significa, na prática? Significa que, se você não é tão importante, provavelmente a pessoa que não gostar do seu serviço só vai negar a oferta. Ela não vai ficar pensando no seu portfólio por dias, não vai dar risada lembrando de você, não vai marcar na memória algo da sua mensagem.

E é justamente por isso, pela noção de que esse “não” não determina quem você é como profissional, que sentir vergonha em prospectar freela não faz sentido! 😉

E como perder o medo de vender? Primeiros passos

Com tantas plataformas online e redes sociais, prospectar na internet é a forma mais simples de contatar potenciais clientes. Por isso, vamos focar nossas dicas para esse ambiente virtual. 🤗

Nesse sentido, o que vai te deixar seguro, antes de enviar uma mensagem, é planejar bem a sua carta de apresentação.

Carta de apresentação é a sua mensagem de introdução. É um resumo sobre o que você faz, sua experiência e como você pode ajudar aquele cliente no projeto dele.

Monte a sua carta de apresentação, de um jeito que seja cordial, sucinto e apresente o que você faz. Você pode colocar um link para portfólio e se colocar disponível para conversar.

Quando a sua carta estiver pronta, comece a enviar. Vale “se colocar” uma meta de envios diários. Você pode começar com cinco mensagens por dia, depois passar para dez, e assim por diante.

Envio de emails para prospeccao

Tenha em mente que, se for mensagens enviadas por e-mail ou redes sociais, muitas delas vão ficar sem resposta – é normal! Por isso, vale a pena enviar mais mensagens à medida que você se sente mais confortável para prospectar freela.

Nas vagas de sites freelancers, como você depende da oferta de projetos para se candidatar, não precisa colocar uma meta diária (a menos que você queira 😬).

Após o envio da sua proposta, se o potencial cliente responder agradecendo, mas negando sua oferta, agradeça novamente e diga que fica à disposição para futuros projetos.

Mas, se o potencial cliente quiser continuar a conversar, responda suas dúvidas, se mostre interessado, e sobretudo, tente transmitir segurança. Se tudo der certo, pode ser que passe para a “tão temida” reunião pessoalmente ou em vídeo!

A reunião em vídeo ou presencial

Falar em público, ou mesmo em uma reunião com outra pessoa, está na lista das piores coisas que existem para muita gente.

Porém, saiba que é muito natural que, em alguns projetos, o ato de prospectar freela evolua para uma reunião. Isso porque, em alguns casos o cliente quer conhecer melhor o profissional. Outras vezes, existe uma troca de informações, como um briefing, e essas reuniões facilitam tudo.

Se você for passar por essa reunião, tente pensar que é para falar de algo que você sabe e domina: o seu trabalho.

Você pode se preparar estabelecendo as principais dúvidas que o seu cliente pode ter, para ter uma resposta mais ou menos pensada. Mas saiba que não tem problema se você não souber responder algo, você sempre pode dizer que vai conferir e responder depois.

Outra coisa que você pode fazer é pesquisar por scripts de reuniões de vendas. Esses scripts ajudam a ter uma base sobre como você pode conduzir a reunião. Além disso, os roteiros podem ajudar a sentir-se mais seguro sobre o modo de guiar a conversa.

reuniao de prospeccao

Se o seu trabalho for visual, como design ou programação de sites, lembre-se também de deixar “na manga” alguns projetos para demonstrar o que você faz.

E vale também pesquisar um pouco sobre técnicas de apresentação em público, para saber como lidar com a timidez e se soltar um pouquinho mais.

Por fim, uma última dica (que pode parecer absurda, mas funciona) é conversar com o seu espelho. Na primeira tentativa, certamente você vai se sentir envergonhado . Mas isso vai te ajudar a se acostumar com a própria imagem, o que também vai ser bem útil para as reuniões em vídeo que, muitas vezes, a gente tende a ficar se analisando a miniatura do vídeo e perde totalmente o foco.

As possibilidades pós reunião

Depois dessa etapa, você tem duas possibilidades. A primeira é: o cliente aceitou sua proposta e você fechou a venda! Ótimo, missão cumprida! 🥳

A segunda opção é: o cliente negou sua proposta 😥. Nesse caso, você tem a oportunidade de analisar como foram os contatos e identificar pontos que poderiam ser melhores na hora de prospectar freela.

Ajuda muito tentar se colocar no lugar do seu cliente (mas sem pegar pesado na autocrítica), e descobrir em quais aspectos seu discurso poderia atendê-lo melhor.

Afinal, mesmo que você feche um projeto, você vai precisar continuar prospectando. É algo que vai acontecer muito e, mesmo em casos de negociações em sites freelas, sempre há algum tipo de conversa por mensagem.

Por isso, saiba que seu discurso de vendas, sua carta de apresentação, não são fixas. Você vai refinar, descobrir o que funciona melhor e ir fazendo ajustes estratégicos. Não tenha medo de testar!

Também pense que uma vaga freela pouco se diferencia de uma entrevista CLT. Se você já participou de alguma entrevista de trabalho convencional, você pode esperar esse cenário de perguntas em uma reunião com seu potencial cliente. Porém, a vantagem é que você pode conduzir a reunião e é para tratar do seu trabalho, algo que você domina.

Agora, se a timidez for tão forte para você, que te paralisa completamente, pode ser interessante buscar um curso de teatro ou de oratória.

Certamente, o seu trabalho é ótimo e só precisa de um empurrãozinho para vender. Por isso mesmo, vale a pena esse esforço em perder o medo de prospectar!

Vem me acompanhar nas redes sociais:

Canal no YouTube: /BrunaMarzarotto

Instagram: /guiadofreela_

Linkedin: /brunamarzarotto

Obrigada e até a próxima!

Leia também: Como fazer um bom portfólio

Quer descobrir como ganhar dinheiro pela internet?
Baixe agora o E-book 100% Gratuito que revela 03 passos fáceis e comprovados para começar a vender como afiliado
Bruna Marzarotto
Bruna Marzarotto
Designer e redatora freelancer, apaixonada por viajar. Compartilho as delícias (e umas poucas dores) de trabalhar como freelancer e o que você pode fazer para ter esse estilo de vida.
Posts Relacionados
Homem com semblante preocupado enquanto olha para a tela do notebook. Com uma mão ele segura o mouse, e com a outra apoia a cabeça. Ele está sentado em uma cadeira, em frente a uma mesa. Ao fundo, uma sala de estar.
Carreira freela
Não consigo freelas, e agora?

Você preparou seu portfólio, se cadastrou em sites freelancers e, ainda assim, está dizendo “não consigo freelas”? Calma, tem solução!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *