Guia do Freela

Portfólio: 5 erros que você pode estar cometendo

Quer descobrir como ganhar dinheiro pela internet?
Baixe agora o E-book 100% Gratuito que revela 03 passos fáceis e comprovados para começar a vender como afiliado

Índice

Posts Populares
Quer começar sua carreira Freelance?

Clique no botão abaixo e receba um checklist com o passo a passo para iniciar!

Para muitos trabalhos freelancer, o portfólio é a melhor forma de demonstrar para um cliente aquilo que você sabe fazer. O problema é que, seja por falta de tempo ou de atenção, existem muitos erros de portfólio que um profissional pode cometer sem se dar conta.

Na maioria dos casos, os erros são bem simples de resolver. Por outro lado, ainda que pequenos detalhes, essas mesmas falhas podem ser critérios de exclusão de um freelancer para o cliente que está oferecendo uma vaga. 😰

Assim, a melhor forma de evitar os principais erros de portfólio é conhecendo-os. Por isso, neste artigo você vai conhecer os 5 problemas mais comuns, que eu também apresentei no vídeo a seguir! 👇

A partir dessas informações, você pode se certificar de que o seu material está com tudo em dia, pronto para ser enviado para um cliente e ter as maiores chances de sucesso! 🤗

Erro 1: Não fazer uma curadoria do que entra no seu portfólio

Para impressionar um potencial cliente, muitas vezes achamos que é importante mostrar quantidade de projetos. Afinal, quanto mais projetos, mais experiência, certo?

Não necessariamente. 🤔

A verdade é que essa ideia pode sair completamente equivocada e acabar cansando o cliente na hora de visualizar os seus projetos.

Quando você coloca material demais, é possível que o visitante do portfólio se sinta perdido e acabe não entendendo qual é a sua proposta de trabalho.

De fato, existem pesquisas que apontam que dois minutos é uma média de estadia em um site de portfólio. Ou seja, aqui a máxima “menos é mais” se aplica totalmente.

Então, para evitar essa primeira falha entre os erros de portfólio, é preciso fazer uma curadoria do seu material. Ao invés de sair incluindo tudo o que você já fez, escolha os melhores projetos, aqueles que representam suas habilidades ou o que você quer vender.

Veja esse espaço como uma vitrine de uma loja. O lojista não coloca todo o seu estoque na vitrine, somente o que há de melhor para chamar a atenção dos consumidores.

Erro 2: Concordância e gramática

Quando você faz um portfólio, normalmente insere algumas áreas descritivas – seja das funções que você sabe realizar, uma explicação sobre um produto ou serviço, ou mesmo sua apresentação profissional.

E é nessa parte escrita que aparece um erro comum de portfólio: concordância e gramática. E aqui, não estamos falando de coisas muito complexas, mas regras gramaticais básicas.

Para todos os profissionais, ter uma boa escrita é bem importante em um portfólio. Mas se você for um freelancer da área de redação, esse tipo de erro não pode ser cometido de jeito nenhum!

E o que você pode fazer nesse sentido? 🤔

A primeira dica é sempre passar o que você escrever pelo Word ou pelo Docs do Google Drive. Os corretores automáticos desses programas conseguem captar vários errinhos e já ajudam a evitar confusões muito básicas ou mesmo erros de digitação.

Além disso, você pode pedir para outra pessoa ler o material. Isso porque, quando a gente escreve, nosso olhar fica “acostumado”. E aí, mesmo revisando com muita atenção, às vezes deixamos passar algum errinho. Outra pessoa verificando pode ajudar a garantir a qualidade do que foi escrito. 🤗

Erro de portfólio: concordância e gramática

Muitas vezes, um freelancer opta por fazer um portfólio com links. Na prática significa que, ao invés de subir em sua página os conteúdos desenvolvidos, ele insere os links de sites em que os projetos foram publicados.

Esse é um caso bem comum para portfólios de redação, onde muitos freelas usam sites como o Contently para expor projetos. Nesse site, ao invés de fazer o upload de uma redação, você só coloca o link de onde sua produção foi publicada.

O problema é que muitos desses links podem não funcionar 😥. Isso acontece quando o site que fez a publicação do seu artigo troca o link da URL ou quando exclui um artigo do banco de dados. Nesse cenário, quando um cliente clica no link do seu portfólio, leva para lugar nenhum.

Se você tem um portfólio que agrega links dos seus trabalhos, lembre-se de verificar de tempos em tempos, se os links estão mesmo funcionando.

Afinal, se o cliente não encontrar algo ao clicar em um link, suas chances de fechar negócio diminuem bastante.

Erro 4: Não explicar nada sobre um projeto

Para muitos freelancers, publicar um projeto no portfólio faz com que ele se torne “autoexplicativo”, ou seja, não precisa de mais nenhuma informação para o cliente 🙊.

Brincadeiras à parte, esse é um dos erros de portfólio mais comuns e pode prejudicar seu trabalho com um potencial cliente. Afinal, quando ele acessa sua página, ele quer entender qual era o problema inicial, qual solução você encontrou, como você desenvolveu algo, enfim.

Por isso, ao apresentar um produto, faça algumas linhas de texto explicando sobre o projeto.

Lembre-se de seguir as regras da gramática e não ser antiético, em outras palavras, não falar mal do cliente que pagou por esse projeto em questão.

Essa descrição, além de ajudar a passar sua visão para um cliente, também é útil para posicionar seu portfólio em buscadores como o Google. Ao fazer o bom uso de palavras-chaves nas descrições, é possível fazer seu material aparecer mais e chamar a atenção de potenciais clientes.

Erro 5: Manter seu portfólio desatualizado

Eu preciso confessar uma coisa: esse é um erro que eu mesma cometo 😅.

E ele é bem simples: você cria seu portfólio, ajusta tudo, deixa ele “redondinho”. E depois, nunca mais acessa para atualizar.

Porém, do momento em que você criou esse portfólio até hoje, certamente você produziu muita coisa e até evoluiu alguma técnica. Assim, se você não atualizou o seu portfólio, ele não reflete tudo o que você pode entregar para um cliente.

Por isso, é muito importante que você se lembre de manter seu portfólio atualizado.

Uma boa média de tempo é fazer essa atualização a cada 3 meses. Dessa forma, você garante que o seu material vai ser o mais atrativo possível para quem visualizá-lo.

Mulher atualizando portfólio

Evite esses erros de portfólio

E então, depois de todas essas informações, você acha que está cometendo um desses 5 erros de portfólios?

Saiba que apresentar essas falhas é bem comum. Mas a boa notícia é que sempre dá tempo de consertar! 🤗

Esse artigo é bem focado em erros de portfólio. Porém, se você está iniciando, pode nem ter feito o seu. Neste caso, te recomente assistir um vídeo completo sobre como fazer o seu portfólio. Ele pode te ajudar bastante 😉.

No mais, é colocar a mão na massa para garantir a qualidade da sua apresentação!

Vem me acompanhar nas redes sociais:

Canal no YouTube: /BrunaMarzarotto

Instagram: /bmarzarotto

Linkedin: /brunamarzarotto

Obrigada e até a próxima!

Leia também: 3 sites freelas brasileiros

Quer descobrir como ganhar dinheiro pela internet?
Baixe agora o E-book 100% Gratuito que revela 03 passos fáceis e comprovados para começar a vender como afiliado
Picture of Bruna Marzarotto
Bruna Marzarotto
Designer e redatora freelancer, apaixonada por viajar. Compartilho as delícias (e umas poucas dores) de trabalhar como freelancer e o que você pode fazer para ter esse estilo de vida.
Posts Relacionados

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *