Guia do Freela

Como contratar um freelancer?

Quer descobrir como ganhar dinheiro pela internet?
Baixe agora o E-book 100% Gratuito que revela 03 passos fáceis e comprovados para começar a vender como afiliado

√ćndice

Posts Populares
Quer começar sua carreira Freelance?

Clique no bot√£o abaixo e receba um checklist com o passo a passo para iniciar!

Se voc√™ tem um projeto para fazer e precisa terceirizar essa tarefa, pode ter pensado em contar com a ajuda de um freela. Mas voc√™ sabe como contratar um freelancer? ūü§Ē

Não saber como fazer esse contato e negociação é o que, muitas vezes, impedem as pessoas de fazer negócios com freelancers. E aí, como resultado, contratam empresas maiores (como agências, por exemplo), que cobram mais por terem despesas maiores.

Mas a verdade √© que, se voc√™ souber o que quer desenvolver e se fizer uma boa pesquisa, contratar um freelancer pode ser simples! No v√≠deo abaixo ūüĎá (e neste artigo), eu conto tudo sobre o assunto!

E se voc√™ √© freelancer, n√£o deixe de conferir esse conte√ļdo! Afinal, entendendo a forma como o cliente pensa e o que ele vai procurar em um profissional, fica muito mais f√°cil criar uma imagem positiva nos primeiros contatos.

Ent√£o, vamos falar como contratar freelancer legalmente?

Do primeiro contato ao negócio fechado

Existem algumas atividades que n√£o s√£o bem explicadas. Ao pesquisar sobre como contratar freela, por exemplo, nem sempre voc√™ vai encontrar orienta√ß√Ķes pr√°ticas. ūüėĒ

Nesse sentido, n√£o seria √≥timo se existisse um guia, passo a passo, sobre como contratar um freelancer? ūü§ó

Para resolver esse “problema”, nesse artigo voc√™ vai conferir os 4 passos essenciais para terceirizar um projeto com um profissional freela de qualidade. Confira!

Passo 1: Entendendo o seu projeto

O primeiro passo nesse processo é entender o que exatamente você precisa. Qual serviço você quer desenvolver? E que tipo de freelancer pode fazer esse projeto?

Essas perguntas s√£o bem importantes porque elas determinar√£o a sua pesquisa por profissionais.

Por exemplo, dentro da reda√ß√£o, existem v√°rias ramifica√ß√Ķes. Um redator freelancer trabalhos escolares pode n√£o fazer artigos para portais e blogs. Assim, se voc√™ souber que quer desenvolver um tipo de reda√ß√£o, vai procurar por um freelancer que seja capaz de fazer essa entrega.

Mas o que acontece quando voc√™ n√£o sabe, exatamente, qual profissional realiza determinada tarefa? ūüė¨

Nesse caso, tente pesquisar as especializa√ß√Ķes de √°reas mais pr√≥ximas. Assim, se voc√™ quiser contratar freelancer online para cuidar das redes sociais do seu neg√≥cio, mas n√£o conhecer o termo “social media”, deve pensar e pesquisar quem faria isso: o designer? O redator? O profissional de marketing?

Al√©m disso, reserve algum tempo para estruturar os detalhes do seu projeto. N√£o h√° nada pior para um freelancer do que conversar com um potencial cliente que n√£o tem clareza do que quer fazer, n√£o tem um prazo, um or√ßamento m√°ximo… nada!

Assim, tente listar ao m√°ximo os detalhes do seu projeto:

  • O que deve ser desenvolvido?
  • Qual √© o prazo de entrega?
  • Qual √© o objetivo do projeto?
  • Tem um or√ßamento m√°ximo?
  • Quais s√£o as informa√ß√Ķes relevantes que o freelancer precisa saber?
  • Voc√™ tem refer√™ncias para enviar?

Acredite, fazer esse esfor√ßo inicial vai poupar tempo do freelancer e, principalmente, vai te trazer clareza. Dessa forma, as suas expectativas j√° estar√£o “balanceadas” quanto √† entrega. ūüėä

Fazendo uma lista para contratar um freelancer

Entretanto, seja realista. N√£o adianta solicitar um projeto “do dia para a noite” e esperar um trabalho primoroso ou um alto interesse dos profissionais.

Passo 2: A busca pelo freelancer

Feito o escopo do projeto, é hora de buscar por um profissional freelancer! Nesse sentido, existem vários espaços para pesquisar.

O primeiro deles, e mais óbvio, é o Google. Você pode fazer uma busca por freela do tipo de projeto que você quer desenvolver, como contratar designer freelancer ou redator. Caso queira alguém da sua cidade, pesquise com o nome da região.

Porém, nem todo freelancer tem uma página de projetos própria, como um site. Isso significa que alguns profissionais não serão facilmente encontrados no Google.

De fato, muitas vezes os profissionais possuem somente contas em sites freelas ou em sites de portfólio.

Falando nos sites freela, outro bom lugar para pesquisar freelancers é nesse tipo de plataforma!

Nos sites freela (como 99freelas e Workana), voc√™ poder√° fazer o an√ļncio de uma vaga ou projeto e esperar para que os freelas respondam ao an√ļncio apresentando suas propostas. √Č aqui que aquele escopo que voc√™ montou anteriormente vai ser bem √ļtil.

Não é comum existir taxas nos sites freelas para clientes anunciarem. Você vai pagar uma taxa posteriormente, que varia de site para site. Apenas opte sempre por sites confiáveis.

Um terceiro caminho para encontrar um profissional aut√īnomo √© nas redes sociais, como no Instagram e no Linkedin. Voc√™ pode buscar por hashtags relacionadas √†s √°reas do projeto que voc√™ quer desenvolver e dar uma olhada no portf√≥lio dessas pessoas.

Existem tamb√©m os sites de portf√≥lio, como Behance para o design ou o Github para os programadores. Essas plataformas s√£o bem interessantes para conhecer profissionais aut√īnomos e entrar em contato com eles.

Por fim, voc√™ tamb√©m pode contratar um freelancer ao pedir indica√ß√Ķes e recomenda√ß√Ķes de seus amigos e conhecidos. Muitas vezes, algu√©m que voc√™ conhece fez o mesmo tipo de projeto que voc√™ quer fazer, e pode te recomendar algu√©m.

Passo 3: A seleção de freelancers

Depois de fazer a sua pesquisa, tente selecionar mais de uma opção de profissional freelancer para um projeto. Afinal, você certamente vai encontrar várias pessoas talentosas, o que vai tornar a escolha um pouco mais complicada. Além disso, nem sempre um freela que você gostou terá agenda para te atender.

Quando você entrar em contato com o freelancer, procure observar o portfólio que ele apresenta. Veja se está bem estruturado, se foi feito com cuidado, se a descrição corresponde com que está sendo demonstrado.

Veja também se o portfólio corresponde com o que você procura. Se você quer contratar freelancer marketing digital, é importante ver cases que mostrem que a pessoa teve sucesso nessa área.

Caso você use um site freela para anunciar uma vaga, você poderá observar o relato de clientes anteriores e se eles recomendam ou não o profissional.

E se a pessoa não tiver nenhuma experiência prévia, pergunte e se informe se ela será capaz de entregar o que você deseja.

Lembre-se tamb√©m de trazer as caracter√≠sticas do seu projeto, especialmente a quest√£o do prazo e se voc√™ tem um valor de or√ßamento m√°ximo pr√©-definido ūüíł.

Não tem problema não ter um valor em mente, porque existem projetos que, se você nunca contratou, não terá uma base mesmo. Nesses casos, é só aguardar que o freelancer traga o seu orçamento.

Além disso, vale a pena observar o comportamento do freelancer. Se você quer agilidade, por exemplo, e o freelancer demorou 3 dias para responder um contato, pode não ser a melhor opção. Analise como o profissional se sai em uma reunião, se ele se mostra interessado, participativo, se foi pontual, etc.

Todos esses pequenos detalhes, que fazem parte de uma convivência de trabalho, podem contar pontos para você escolher alguém.

Passo 4 (opcional): Solicite um teste

Por fim, se voc√™ ainda n√£o se sentir 100% seguro com um freelancer ou estiver em d√ļvida entre um e outro, pode solicitar um teste de servi√ßo.

Por exemplo, você pode pedir que o designer desenvolva uma pequena parte do projeto para entender se ele consegue captar no briefing o que você espera de entrega.

Agora, algo muito importante: n√£o √© porque √© um teste que a pessoa vai trabalhar de gra√ßa! ūüĎą

Embora existam freelancers que não cobrem por um teste, o correto é que você pague pelas horas de trabalho desse profissional. Afinal, ele está trabalhando não é mesmo?

Para construirmos um mercado saudável para todo mundo, precisamos valorizar a mão de obra e as horas dedicadas de alguém.

E então, quando você encontrar esse freelancer ideal para o seu projeto, você pode fechar negócio!

√Č sempre recomendado ter um contrato e muitos profissionais aut√īnomos j√° possuem um modelo para compartilhar com o cliente.

Caso isso não aconteça, e se você sentir necessidade, pode montar um contrato para deixar tudo esclarecido, do prazo de entrega ao valor pago. Isso dá mais segurança para todos.

Contratar um freelancer é simples!

Depois de todas essas dicas, você que está pensando em contratar um freelancer não tem mais desculpa para não terceirizar o seu projeto!

Saiba que os freelas normalmente cobram menos, porque t√™m menos custos envolvidos, oferecem um atendimento bem pr√≥ximo do cliente e s√£o excelentes no que fazem. ūü§ó

Mas importante: apesar de serem profissionais aut√īnomos, os freelas devem ser vistos como prestadores de servi√ßo, como uma pequena empresa. Ou seja, n√£o seja o cliente que liga de noite ou no final de semana para o freelancer. Seja respeitoso, seja cordial.

Assim, escolhendo um bom freelancer e cuidando do relacionamento com a pessoa, essa experiência tem tudo para ser proveitosa para todos!

‚ú®

Vem me acompanhar nas redes sociais:

Canal no YouTube: /BrunaMarzarotto

Instagram: /guiadofreela_

Linkedin: /brunamarzarotto

Obrigada e até a próxima!

Leia também: VintePila e VinteConto: o que esses sites têm em comum

Quer descobrir como ganhar dinheiro pela internet?
Baixe agora o E-book 100% Gratuito que revela 03 passos fáceis e comprovados para começar a vender como afiliado
Bruna Marzarotto
Bruna Marzarotto
Designer e redatora freelancer, apaixonada por viajar. Compartilho as delícias (e umas poucas dores) de trabalhar como freelancer e o que você pode fazer para ter esse estilo de vida.
Posts Relacionados

2 respostas

Deixe um coment√°rio

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *