Guia do Freela

A carreira freelancer é para você? Faça o teste!

Quer descobrir como ganhar dinheiro pela internet?
Baixe agora o E-book 100% Gratuito que revela 03 passos fáceis e comprovados para começar a vender como afiliado

Índice

Posts Populares
Quer começar sua carreira Freelance?

Clique no botão abaixo e receba um checklist com o passo a passo para iniciar!

Quem está pensando em ser freela normalmente faz uma série de pesquisas para analisar pontos positivos e negativos antes de tomar qualquer decisão. Mas se a dúvida persistir, existe um teste rápido que te ajuda a definir se a carreira freelancer é uma boa opção para você.

Esse teste rápido é composto por três questões essenciais sobre o trabalho freelancer. Assim, você consegue entender se esse tipo de carreira combina com a sua personalidade e as suas necessidades.

No vídeo abaixo, você confere e acompanha o teste 👇. Mas, se você preferir, pode continuar a leitura para encontrar uma luz na sua decisão profissional!

Porque fazer um teste de carreira freelancer?

Algo muito comum entre as pessoas que querem se tornar freelas é que, em geral, elas consideram somente alguns aspectos desse tipo de trabalho – normalmente, os aspectos positivos 😅.

No e-book “Como começar um negócio freelance“, logo nas primeiras páginas temos uma reflexão: será que a carreira freelancer é para você, mesmo?

Para ter a resposta, a pessoa precisa refletir somente sobre três perguntas. E se a resposta for “não” para todas as três questões, então, pode deixar de lado a ideia de trabalhar como freelancer.

E quais são as questões?

1. Trabalho variável

A primeira das três perguntas que você precisa responder com sinceridade é: você consegue lidar com uma carga de trabalho variável?

Imagine a seguinte situação: em uma semana, você está com a sua agenda cheia de projetos. Todos os dias, você precisa acordar mais cedo e trabalhar até mais tarde para conseguir fazer as entregas dentro do prazo.

Porém, na semana seguinte, com todos os projetos entregues, você se vê sem nada. Os clientes não enviaram demandas novas, você não conseguiu pegar projetos em sites freela, tudo está na maior calmaria.

Como você se sentiria? Você conseguiria administrar o seu tempo para ter fases de alta e baixa produtividade? Você se sentiria ansioso quando sua agenda esvaziasse e não tivesse previsão de novos projetos? 🤔

Gif animado com personagem desmaiando em cima do computador.

Pois é, lidar com uma carga de trabalho tão variável é um dos maiores desafios para os freelancers. E por mais que isso seja algo que uma pessoa consegue se adaptar, existe aqueles que não gostam dessa instabilidade.

De fato, não há nada de errado em não gostar de ter uma carga de trabalho tão variável. Mas isso pode fazer com que a carreira freelancer seja mais complexa para você.

Por isso, seja sincero: você consegue ficar bem com a instabilidade de projetos?

Se você está, pelo menos, disposto a tentar se adaptar, pode colocar um “Sim”. Agora, se esse cenário parece um pesadelo para você, coloque “Não”.

2. Incerteza financeira

Na segunda pergunta, temos uma questão que também tem a ver com instabilidade: você consegue aceitar a incerteza financeira, de não saber quanto vai receber em um mês? 💸

Um freelancer atua sem vínculo fixo com seus clientes. Dessa forma, assim como as demandas podem variar, o valor que você ganha todo mês também pode ser bem variável.

Em meses muito bons, você pode receber mais do que o salário que um profissional CLT do seu ramo ganha. Mas em meses ruins, principalmente se você não tiver um planejamento financeiro, você pode acabar desesperado por ter pouco dinheiro.

Gif animado com mãos segurando uma carteira com dinheiro. Outra mão surge na tela pegando a carteira.

É importante que você saiba que existem maneiras de lidar com essa incerteza sobre o quanto você vai ganhar.

Além de utilizar alguma ferramenta de controle financeiro, como uma planilha ou apps, você pode se organizar para juntar economias ou mesmo criar um padrão de uso do seu dinheiro.

Há ainda a possibilidade de criar métricas para avaliar se, com os recebidos de metade do mês você precisa “correr atrás” de mais projetos ou não. E claro, sempre ter uma reserva de emergência para as eventualidades que acontecem.

De fato, tem como se planejar e como viver com uma certa tranquilidade, mesmo com a incerteza de quanto você vai faturar.

Porém, a verdadeira questão é: você acha que consegue lidar com isso? Ou você acha que, sem saber quanto ganhar, vai viver com a ansiedade nas alturas? 😵

3. Prospecção de clientes

A terceira e última pergunta é: Você está disposto a prospectar clientes e receber algumas negativas pelo caminho?

Como freelancer, você vai precisar prospectar. Seja em sites freela, nas redes sociais, com negócios físicos da sua cidade, com seus amigos, enfim. Alguma ação para divulgar o que você faz deverá ser tomada.

Muita gente não gosta nem de pensar em prospectar. Mas a verdade é que essa é uma habilidade que pode ser aprendida e aprimorada. Ou seja, você pode trabalhar este aspecto para ter mais chances de sucesso nas suas vendas.

O que você não pode é achar que, em algum momento, você vai parar de “vender o seu peixe” 🐠.

Personagem Homer Simpson, falando no telefone animado. Ele diz: venda, venda, venda!

Por mais que você consiga clientes fixos, o freela é um profissional que trabalha por projeto. Eventualmente, esse cliente vai concluir o serviço e você terá espaço na agenda para novas demandas. Então, você vai precisar prospectar novamente.

Outro ponto é que, toda vez que você tenta vender algo, você vai ter mais respostas negativas do que positivas. E isso é bem normal. Faz parte do jogo.

De fato, nem todo mundo consegue lidar com o estresse de receber várias negativas na sequência.

Inclusive, é por causa disso que o cenário ideal para ser freela é enquanto você tem um trabalho CLT. Isso porque, caso você tenha muitos ‘nãos’ em um primeiro momento, seu emocional não será tão afetado.

Assim, essa terceira pergunta tem dois pontos que você precisa analisar:

  • Você está disposto a prospectar novos clientes com alguma frequência?
  • Você consegue lidar com ouvir respostas negativas de muitos potenciais clientes?

O resultado

Se você respondeu “não” para todas as perguntas, infelizmente a carreira freela NÃO É para você 😔.

Entretanto, se você preencheu pelo menos um “sim”, pode testar esse tipo de trabalho 🥳.

Nesse sentido, você pode considerar as questões que respondeu “não” como itens que você pode se atentar, para encontrar soluções ou estratégias para lidar com o assunto. O mais importante é você saber que pode superar todos esses desafios.

Se esse for o caso, e você entender que consegue lidar com os pontos negativos, a carreira freelancer pode ser certa para você!

E então, como foi o seu resultado? De qualquer maneira, por aqui desejamos muito sucesso na carreira que você escolher!

Vem me acompanhar nas redes sociais:

Canal no YouTube: /BrunaMarzarotto

Instagram: /guiadofreela_

Obrigada e até a próxima!

Leia também: Como começar uma carreira freelancer?

Quer descobrir como ganhar dinheiro pela internet?
Baixe agora o E-book 100% Gratuito que revela 03 passos fáceis e comprovados para começar a vender como afiliado
Picture of Bruna Marzarotto
Bruna Marzarotto
Designer e redatora freelancer, apaixonada por viajar. Compartilho as delícias (e umas poucas dores) de trabalhar como freelancer e o que você pode fazer para ter esse estilo de vida.
Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *