Guia do Freela

Como garantir que um cliente te pague pelo freela?

Quer descobrir como ganhar dinheiro pela internet?
Baixe agora o E-book 100% Gratuito que revela 03 passos fáceis e comprovados para começar a vender como afiliado

Índice

Posts Populares
Quer começar sua carreira Freelance?

Clique no botão abaixo e receba um checklist com o passo a passo para iniciar!

Você já sabe que ser freelancer tem inúmeras vantagens. Mas como qualquer profissão, também tem momentos estressantes e difíceis de lidar. Uma delas é garantir que o cliente te pague pelo freela.

Nem todo cliente age de forma prejudicial com profissional freelancer, atrasando o pagamento. Entretanto, sempre queremos receber o que combinamos, certo?

A maioria dos clientes faz o pagamento certinho, no dia combinado. Também existem aqueles que apesar dos imprevistos, cumprem com o acordo. E, claro, existem os mais difíceis: é preciso insistir pelo pagamento.

No artigo de hoje, confira algumas dicas para garantir que o cliente te pague pelo freela prestado!

Faça parte de plataformas freelancers

Uma das formas de garantir que o cliente te pague pelo freela é ter cadastro em plataformas de trabalho freelancer.

As possibilidades são cada vez maiores, com diversos tipos de plataformas especializadas em manter a segurança do serviço prestado. Essa é uma forma de contornar possíveis golpes e garantir o recebimento do seu dinheiro.

De modo geral, é preciso que você realize um cadastro no site e aceite um trabalho freela dentro da plataforma para iniciar um novo projeto. É por meio dela, também, que você pode conversar com o cliente ao longo de todo o serviço prestado.

No próximo passo é que surge uma grande diferença: o pagamento do serviço prestado ao cliente fica por conta da plataforma. Ou seja, o cliente não irá diretamente te transferir o valor do freela.

Esse intermédio das plataformas traz mais segurança para o seu bolso e garante que o dinheiro caia na sua conta sem complicações! Por outro lado, é comum que os sites freelas cobrem uma taxa de operação em cada serviço.

São plataformas conhecidas: Upwork, FreelasConecta, 99Freelas, Workana e muitas outras!

No Instagram do Guia do Freela, temos uma série de Reels com indicações de sites freelas para você se cadastrar.

Personagem em mesa de trabalho, usando o computador. Há um relógio e livros ao fundo.

Procure referências sobre o cliente

Sabemos como o fantasma do golpe está sempre presente na contratação de trabalhos freelas.

Para garantir que o cliente pague pelo freela e que você receba devidamente pelos serviços prestados, especialmente fora dos sites freelas, uma boa dia é pesquisar antes de fechar um acordo.

Para começar, busque por informações do cliente nas redes sociais. Afinal, muito provavelmente a pessoa ou empresa já trabalhou com outros profissionais freelancers e deve possuir esses canais de contato.

É bom pesquisar pelo básico: como foi o processo de contratação? Como foi idealizar e finalizar um projeto com esse cliente? E o prazo dos pagamentos?

Também pode ser bom procurar por boas recomendações de trabalhos anteriores. Pode ser que você encontre relatos similares a sua dúvida e tenha certeza que o cliente pague pelo freela.

O site Reclame Aqui é um ótimo exemplo de plataforma que pode servir para conferir se existem comentários ou reclamações acerca do cliente – ainda mais se estamos falando de uma empresa.

Uma outra dica também é verificar grupos de freelancers, já que muitas vezes um cliente ruim passa por um “exposed” nesses ambientes.

Finalmente, pode ser interessante pesquisar sobre o profissional que entrou em contato com você para o serviço prestado. Com uma dessas ações, você pode assegurar que o cliente pague pelo freela.

Sugira o uso de um contrato

O trabalho freelancer é, cada vez mais, uma possibilidade para milhares de pessoas. Com essa alta demanda, também existe a necessidade de garantir segurança para o tomador e prestador de serviços.

Por isso, o uso de um simples contrato entre as duas partes é essencial.

Se você deseja usar essa opção para garantir que o cliente pague pelo freela existem diversos modelos de contratos online prontos para edição.

Personagem assinando um contrato.

Busque por um que mais se assemelha com as suas necessidades e personalize da melhor forma para garantir a sua remuneração.

No contrato, lembre-se de estabelecer exatamente o tipo de serviço que será prestado para receber o equivalente ao que está sendo oferecido.

Além disso, especifique os dias de pagamento, multas e/ou juros caso o acordo não seja cumprido e a pessoa não pague pelo freela.

Essa modalidade é muito efetiva para garantir que o cliente te pague pelo freela nos dias corretos.

Imponha o pagamento antecipado

Estabelecer o pagamento antecipado é uma das modalidades de cobrança mais conhecidas por freelancers.

Por exemplo, se você oferece como serviço a confecção de bordados, placas de madeira e produtos similares, usar esse formato pode ser interessante.

Isso porque, dessa forma, você consegue assegurar que o cliente te pague pelo freela, pelo menos pela metade dele ou pelos custos da produção.

Uma dica é informar ao cliente as condições para que o serviço seja realizado e estabelecer 50% do valor total já na contratação.

Com o produto ou serviço finalizado, exija que o cliente faça o pagamento do valor restante.

De fato, para profissionais autônomos, essa é uma forma de que o cliente te pague pelo freela ou que você não fique totalmente no prejuízo caso o pior aconteça.

Mão segurando a carteira para fazer um pagamento. Outra mão surge e leva a carteira toda.

Cliente que te pague pelo freela

A verdade é que, ao trabalhar como freelancer, sempre precisamos ter atenção e cuidado aos acordos que fazemos.

É imprescindível que o cliente te pague pelo freela nos dias combinados ou a cada serviço prestado. Afinal, suas contas e boletos não esperam, não é mesmo?

Essas são algumas dicas básicas que podem te ajudar a evitar ter uma grande dor de cabeça ou sair no prejuízo ao aceitar projetos com clientes novos.

Dessa forma, construir uma carreira freela pode ser lucrativo e manter seu padrão de vida com qualidade!

Vem me acompanhar nas redes sociais:

Canal no YouTube: /BrunaMarzarotto

Instagram: /guiadofreela_

Obrigada e até a próxima!

Leia também: Como receber do exterior

Quer descobrir como ganhar dinheiro pela internet?
Baixe agora o E-book 100% Gratuito que revela 03 passos fáceis e comprovados para começar a vender como afiliado
Bruna Marzarotto
Bruna Marzarotto
Designer e redatora freelancer, apaixonada por viajar. Compartilho as delícias (e umas poucas dores) de trabalhar como freelancer e o que você pode fazer para ter esse estilo de vida.
Posts Relacionados
Homem com semblante preocupado enquanto olha para a tela do notebook. Com uma mão ele segura o mouse, e com a outra apoia a cabeça. Ele está sentado em uma cadeira, em frente a uma mesa. Ao fundo, uma sala de estar.
Carreira freela
Não consigo freelas, e agora?

Você preparou seu portfólio, se cadastrou em sites freelancers e, ainda assim, está dizendo “não consigo freelas”? Calma, tem solução!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *